ARQUITETURA DOS ESCRITÓRIOS APÓS O COVID-19

O trabalho está em crise existencial. O que é trabalho? O que é um espaço de trabalho? Se qualquer lugar agora pode ser um local de trabalho, o que define um escritório? Como será a arquitetura de escritório daqui um ano ou mais?

Os ambientes construídos em todo o mundo estão em constante mudança e os edifícios comerciais estão na vanguarda da onda de mudança.

O Coronavírus e seu impacto sociopolítico também adicionou novas camadas ao trabalho que os arquitetos empreendem ao projetar um novo prédio comercial a partir do zero.

Falamos em “escritório do futuro” e você pensa sobre arquitetura brilhante de ficção científica e tecnologia simplificada. Em 2021, isso não poderia estar mais longe da verdade.

A contenção do vírus é um processo complexo e, portanto, os regulamentos mudam o tempo todo.

Isso coloca os arquitetos em uma situação difícil quando se trata de novos contratos de escritório: quais recursos e legislação são necessários agora?

Que medidas precisam ser antecipadas?

Nós argumentaríamos que uma das maneiras mais eficientes das empresas sobreviverem à pandemia é por meio da adaptação ágil a novas situações: e isso vale também para a arquitetura de seus edifícios.

As organizações que buscam responder a qualquer pandemia por meio de flexibilidade, adaptabilidade e agilidade podem projetar locais de trabalho que aproveitem móveis e soluções comportamentais para gerenciar o distanciamento social e futuras mudanças de ocupação.

É um ato de equilíbrio delicado entre tomar decisões de design necessárias, embora instáveis, no curto prazo e projetar para um futuro (esperançosamente) sem Corona.

Existem diferentes vertentes em jogo aqui:

  1. Retrofit de escritórios existentes para atender às demandas do novo normal
  2. Projetos de prédios comerciais que exigem alterações nos planos em construção

Uma coisa é certa sobre a arquitetura de escritório daqui em diante: sua forma deve, em última análise, aprimorar sua função.

Vejamos essas duas vertentes em detalhes.

ARQUITETURA DE RETROFITING DOS ESCRITÓRIOS: SOLUÇÕES FLEXÍVEIS PARA O DESIGN

Vimos interiores de escritórios sendo equipados com escudos protetores de acrílico, estações de higienização das mãos e verificações de temperatura obrigatórias na recepção.

Isso é o que queremos dizer quando nos referimos a “retrofit estrutural”, mesmo em um nível superficial.

O que é mais interessante do ponto de vista arquitetônico é como estamos ocupando os espaços de escritórios existentes, respeitando a necessidade de distanciamento social.

“O sucesso futuro de um local de trabalho saudável dependerá de estratégias de planejamento inteligente e responsabilidade comportamental”, diz Suzette Subance Ferrier, executiva e diretora de criação do estúdio da TPG Architecture, com sede em Nova York. “No momento, não estamos vendo uma mudança completa para os cubículos. O que estamos vendo é uma desdensificação do local de trabalho.” (fonte)

NOVAS CONSIDERAÇÕES DO DESIGN DE ESCRITÓRIOS PARA UM NOVO MUNDO

Algumas partes interessadas na construção de novos espaços de trabalho de escritório começaram a pedir a seus designers e arquitetos que reformulassem os planos para acomodar as necessidades de distanciamento social.

Eles ainda esperam que o trabalho colaborativo seja possível em um ambiente de trabalho físico.

Essa abordagem com visão de futuro é uma espécie de medida à prova de futuro, concebida para proteger os funcionários em qualquer pandemia.

Como o caminho para o fim do Coronavírus está previsto para durar anos árduos, pensar sobre o design de espaços públicos agora, e não mais tarde, é uma jogada inteligente.

A construção de imóveis comerciais passou por mudanças abruptas nos códigos de construção.

Esses são desenvolvimentos com os quais os arquitetos estão lutando, juntamente com os requisitos para novos recursos e espaçamento designado para manter a distância social de 1,5 metros.

ESTRATÉGIAS DE PLANEJAMENTO INTELIGENTE PARA LOCAIS DE TRABALHO SAUDÁVEIS

Os profissionais da área de arquitetura e construção estão explorando também pesquisas sobre ambientes construídos e seus níveis de umidade, com maneiras interessantes de reformar escritórios e planejar novas construções.

Novas pesquisas atraentes, como as da Annual Review of Virology, mostram que os níveis de umidade relativa de pelo menos 40 por cento podem suprimir substancialmente a transmissão de COVID-19 e, especialmente, a transmissão aérea. (fonte)

Isso vai de mãos dadas com declarações da Organização Mundial da Saúde recomendando um “aumento da taxa de ventilação por aeração natural ou ventilação artificial, de preferência sem recirculação de ar”.

 

COMO O BEM-ESTAR SE TRADUZ EM ARQUITETURA?

Andrew Reeves, um arquiteto baseado no Canadá, observou que trabalhar em casa durante a pandemia nos ensinou mais sobre o que é melhor para nós pessoalmente quando se trata de trabalho.

“Em sua forma mais simples, a arquitetura pode ser apenas uma série de linhas e caixas que se juntam para criar um objeto escultural. No entanto, a alma de um espaço está diretamente ligada aos personagens dos seus habitantes e ao ambiente natural que o rodeia.” – Andrew Reeves Sócio Principal e Arquiteto Sênior da Linebox

Esse conhecimento informa os funcionários à medida que eles começam a retornar aos seus escritórios.

É o design que prioriza as pessoas e é mais importante do que nunca. Espaços flexíveis que podem se adaptar a inúmeras necessidades determinarão o sucesso ou o fracasso em um nível de produtividade.

Usar o tecido correto na decoração desses ambientes também faz toda a diferença nesse momento que estamos vivendo. O cuidado com a saúde e higienização é algo prioritário.

Na Quaker Decor, temos produtos altamente tecnológicos, que facilitam a limpeza após aqueles acidentes com comidas e bebidas nos estofados. Com uma limpeza fácil e rápida, as bactérias e vírus diminuem seu crescimento, tanto em locais de trabalho como no home office.

Quer saber mais sobre nossos produtos com tecnologia e facilidade de limpeza? Acesse nosso site.