Como a psicologia das cores influencia no design de interiores

Estamos cercados por cores o tempo inteiro. Quando falamos de projetos e design de interiores, o uso das cores tem um papel fundamental na mensagem e na sensação que desejamos passar.

Tecidos de diversas cores expostos na Loja Conceito Quaker Decor, no bairro dos Jardins, em São Paulo (SP)

Estamos cercados por cores o tempo inteiro, mesmo que nem sempre a gente repare nelas. Quando falamos de projetos e design de interiores, o uso das cores tem um papel fundamental na mensagem e na sensação que desejamos passar para quem irá viver ou trabalhar naquele lugar.

Em 2012, a psicóloga, socióloga e terapeuta alemã Eva Heller lançou o livro A psicologia das cores – Como as cores afetam a razão e a emoção. A autora fez um estudos com mais de 2 mil pessoas de diferentes classes sociais, culturas e profissões para formular o livro. Os resultados mostram que cores e sentimentos não se combinam ao acaso e nem são uma questão de gosto individual – são vivências comuns que, desde a infância, são enraizadas na nossa linguagem e o registro fica marcado na nossa memória.

De acordo com o conceito, ao pensar nas cores usadas em um ambiente é preciso entender o seu uso como um importante elemento na concepção espacial do ambiente, pois a cor é capaz de alterar visualmente as dimensões e formas do espaço, ressaltando ou disfarçando imperfeições. Outros fatores como iluminação também devem ser levados em conta, uma vez que com o passar do dia e a variação de luz, as cores podem ser sentidas de maneira diferente.

Para que você entenda um pouco mais sobre a influência das cores em nossos sentimentos e humor, separamos sete cores e o que elas despertam em nós:

Verde

solid-green-wallpaper-1

Cor da esperança, da fertilidade e da tranquilidade. Possui grande poder de cura e tem forte correspondência emocional com a natureza, a estabilidade, o equilíbrio e a harmonia. Também está relacionada à saúde, dinheiro e crescimento. Porém, sentimentos negativos como ciúme e ganância também estão associados à cor.

Amarelo

Solid_yellow.svg_

Uma das cores mais contraditórias. Representa a diversão, recreação, criatividade, energia, prosperidade, riqueza e felicidade. Fisiologicamente, estimula o raciocínio lógico e ajuda na tomada de decisão. Porém, entre os seus aspectos negativos estão a fraqueza, o ciúme, a loucura e a traição. Quando utilizado em excesso, pode levar ao ambiente um efeito perturbador e provocar doenças como estresse e ansiedade.

Vermelho

redimage

Relacionada ao amor e ao ódio, à paixão e ao perigo, sendo emocionalmente sempre intensa. Fisiologicamente, o vermelho aumenta o metabolismo, a respiração e a pressão arterial. Simboliza coragem, força, paixão energia, desejo e ação.

Azul

fwew

É a cor do céu e do mar, da harmonia, simpatia e fidelidade. Simboliza responsabilidade, sabedoria, inteligência, fé e confiança. O azul tem efeito calmante e também suprime o apetite. Ideal para ambientes de trabalho e salas de reunião, uma vez que também está associado a habilidade da fala e da comunicação.

Preto

1920x1080-black-solid-color-background

É a cor do poder, da modernidade, da elegância e da sofisticação. Mas também está associado à morte, à violência e à solidão. Se uso excessivo em um ambiente pode criar uma atmosfera negativa causar alterações de humor e depressão. Porém, quando usado moderadamente, cria a sensação de perspectiva e profundidade.

Violeta

Roxo-1

Cor relacionada ao poder e à teologia, à sensibilidade, espiritualidade, bom gosto e sofisticação. Fisiologicamente, contribui para o desenvolvimento da percepção, traz tranquilidade e relaxamento para o sistema nervoso, acalma o coração, purifica o sangue e regula hormônios. Porém, desencoraja atividades físicas e esportivas.

Marrom

fundo-marrom-10

Fisiologicamente o marrom pode transmitir conforto físico e qualidade e encoraja a organização. É a cor do aconchego, da segurança, da maturidade e tranquilidade, por sua relação com a natureza.

  • Compartilhe: