#EscolhaQuaker: 4 projetos que amamos no mês de julho

Ver nossos tecidos ganhando vida em projetos de design de interiores é uma das nossas grandes satisfações. Por isso, todo final de mês vamos fazer um post reunindo quatro projetos postados no Instagram com produtos Quaker Decor que chamaram nossa atenção (nos marquem nos posts para que a gente encontre as fotos!).

Abaixo, quatro projetos que amamos:

A arquiteta Beatriz Dutra fez um trabalho belíssimo na decor de um apartamento na Alameda Lorena, em São Paulo. Ela usou Quaker Decor no estofado do sofá neutro, confortável e sofisticado.

Beatriz Dutra

Foto retirada do instagram @beatrizdutra

Em ensaio fotográfico na loja da Líder Interiores, em Belo Horizonte, o estúdio de design brasileiro Nada se Leva usou tecido Quaker Decor para estofar o belíssimo Sofá Concha, que ficou ainda mais moderno com a nossa estampa.

#EscolhaQuaker Nada se Leva

Foto retirada do instagram @nadaseleva

O arquiteto Roberto Robl postou no Instagram uma foto de detalhe da sala de jantar vintage que ele projetou, com cadeiras revestidas com tecido Quaker Decor. Amamos!

Robert Robl

Foto retirada do instagram @robertrobl

Nossas almofadas fizeram bonito no projeto desenvolvido pelas arquitetas do B&L Arquitetura de Interiores. O projeto do terraço ficou bastante funcional e agradável.

Beli Arqui

Foto retirada do instagram @beliarq

  • Compartilhe:  

5 motivos para incluir tecidos Quaker Decor em seu projeto de decoração

tecidos quakerdecor

A escolha correta dos tecidos para um projeto de design de interiores é fundamental para que a decoração seja um sucesso. Além de proporcionar estilo, personalidade e criatividade ao projeto, a escolha do tecido também reflete o estilo de vida das pessoas que irão viver naquele ambiente ou as funcionalidades necessárias para um ambiente corporativo ou social.

Para escolher os tecidos de um projeto é preciso conhecer as necessidades dos proprietários, os tipos de incidentes a que os tecidos estarão expostos (sujeira, animais de estimação, uso excessivo, exposição ao sol etc) e as características do ambiente onde serão aplicados.

Os tecidos Quaker Decor possuem altíssimo padrão de qualidade e são pensados para não só serem bonitos, mas atenderem todas as expectativas de um projeto de interiores. Abaixo, cinco motivos para usar tecidos Quaker Decor em seu projeto de decoração.

4 Elementos - Casa Cor2

1 – Somos caçadores de tendência. Estamos sempre atentos ao que acontece nas principais semanas de moda e aos principais eventos de decoração e design de interiores do mundo. Nosso objetivo é antecipar tendências e fornecer a nossos parceiros e clientes tecidos e produtos que sejam verdadeiros objetos de desejo;

2 – Somos obcecados por novas tecnologias para tecidos. Ouvimos muito nossos clientes e estamos sempre em busca de novos acabamentos e de fibras cada vez mais resistentes;

3 – Lançamos pelo menos duas coleções ao ano, escolhidas de acordo com as tendências de decoração e estilo e necessidades que variam com cada estação. Isso possibilita que nossos clientes tenham sempre novos produtos e uma grande variedade de tecidos a sua escolha;

4 – Nossas linhas para áreas externas são realmente de alta performance. A linha Sunproof possui tecidos produzidos com  fibras 100% acrílicas, alta resistência aos raios UV, cores vivas e alegres. Já a linha All Weather Fabrics possui tecidos com alta durabilidade, fácil manutenção, toque suave e o melhor custo benefícios do mercado.

5 – Somos conhecidos por nossa excelência em atendimento aos nossos clientes e parceiros. Temos como objetivo atender de maneira personalizada e nos esforçamos diariamente para tornar a experiência de compra na Quaker Decor altamente satisfatória.

  • Compartilhe:  

Como a psicologia das cores influencia no design de interiores

Estamos cercados por cores o tempo inteiro. Quando falamos de projetos e design de interiores, o uso das cores tem um papel fundamental na mensagem e na sensação que desejamos passar.

Tecidos de diversas cores expostos na Loja Conceito Quaker Decor, no bairro dos Jardins, em São Paulo (SP)

Estamos cercados por cores o tempo inteiro, mesmo que nem sempre a gente repare nelas. Quando falamos de projetos e design de interiores, o uso das cores tem um papel fundamental na mensagem e na sensação que desejamos passar para quem irá viver ou trabalhar naquele lugar.

Em 2012, a psicóloga, socióloga e terapeuta alemã Eva Heller lançou o livro A psicologia das cores – Como as cores afetam a razão e a emoção. A autora fez um estudos com mais de 2 mil pessoas de diferentes classes sociais, culturas e profissões para formular o livro. Os resultados mostram que cores e sentimentos não se combinam ao acaso e nem são uma questão de gosto individual – são vivências comuns que, desde a infância, são enraizadas na nossa linguagem e o registro fica marcado na nossa memória.

De acordo com o conceito, ao pensar nas cores usadas em um ambiente é preciso entender o seu uso como um importante elemento na concepção espacial do ambiente, pois a cor é capaz de alterar visualmente as dimensões e formas do espaço, ressaltando ou disfarçando imperfeições. Outros fatores como iluminação também devem ser levados em conta, uma vez que com o passar do dia e a variação de luz, as cores podem ser sentidas de maneira diferente.

Para que você entenda um pouco mais sobre a influência das cores em nossos sentimentos e humor, separamos sete cores e o que elas despertam em nós:

Verde

solid-green-wallpaper-1

Cor da esperança, da fertilidade e da tranquilidade. Possui grande poder de cura e tem forte correspondência emocional com a natureza, a estabilidade, o equilíbrio e a harmonia. Também está relacionada à saúde, dinheiro e crescimento. Porém, sentimentos negativos como ciúme e ganância também estão associados à cor.

Amarelo

Solid_yellow.svg_

Uma das cores mais contraditórias. Representa a diversão, recreação, criatividade, energia, prosperidade, riqueza e felicidade. Fisiologicamente, estimula o raciocínio lógico e ajuda na tomada de decisão. Porém, entre os seus aspectos negativos estão a fraqueza, o ciúme, a loucura e a traição. Quando utilizado em excesso, pode levar ao ambiente um efeito perturbador e provocar doenças como estresse e ansiedade.

Vermelho

redimage

Relacionada ao amor e ao ódio, à paixão e ao perigo, sendo emocionalmente sempre intensa. Fisiologicamente, o vermelho aumenta o metabolismo, a respiração e a pressão arterial. Simboliza coragem, força, paixão energia, desejo e ação.

Azul

fwew

É a cor do céu e do mar, da harmonia, simpatia e fidelidade. Simboliza responsabilidade, sabedoria, inteligência, fé e confiança. O azul tem efeito calmante e também suprime o apetite. Ideal para ambientes de trabalho e salas de reunião, uma vez que também está associado a habilidade da fala e da comunicação.

Preto

1920x1080-black-solid-color-background

É a cor do poder, da modernidade, da elegância e da sofisticação. Mas também está associado à morte, à violência e à solidão. Se uso excessivo em um ambiente pode criar uma atmosfera negativa causar alterações de humor e depressão. Porém, quando usado moderadamente, cria a sensação de perspectiva e profundidade.

Violeta

Roxo-1

Cor relacionada ao poder e à teologia, à sensibilidade, espiritualidade, bom gosto e sofisticação. Fisiologicamente, contribui para o desenvolvimento da percepção, traz tranquilidade e relaxamento para o sistema nervoso, acalma o coração, purifica o sangue e regula hormônios. Porém, desencoraja atividades físicas e esportivas.

Marrom

fundo-marrom-10

Fisiologicamente o marrom pode transmitir conforto físico e qualidade e encoraja a organização. É a cor do aconchego, da segurança, da maturidade e tranquilidade, por sua relação com a natureza.

  • Compartilhe:  

Quaker Decor confere glam no apartamento vagão de Léo Shehtman para Casa Cor SP

A trigésima edição da Casa Cor São Paulo ancorou no último, 17/05, no Jockey Club, repleta de novidade, tendência e ousadia, como o pequeno apartamento instalado dentro de um vagão de trem, assinado pelo arquiteto Léo Shehtman. Na concepção da casa vagão, que pertenceu à Estrada de Ferro Sorocabana em 1945 e que tem 28 toneladas e 15 metros de extensão, Shehtman grafitou e transformou o trem em um lounge completo de 40 metros quadrados, com sala, cozinha e banheiro, além de uma área externa com mesas e sofás.

Léo-Shehtman-casa-corCaptura de Tela 2016-06-01 às 18.04.44

Na decoração, o layout resgata para a contemporaneidade a atmosfera e a elegância do movimento Art Déco – estilo artístico que surgiu na Europa na década de 1920. Para reunir passado e presente, e como forma de importar seu olhar particular acerca do futuro da decoração de interiores, Shehtman assina parte do mobiliário. A execução da marcenaria ​foi assinada pela Dedicatto Mobília e dos móveis internos pela Dunelli revestidos com o glam dos tecidos da Quaker Decor.“Tentei fugir do convencional”, diz o arquiteto. “Seria sensacional se todos descartes como esse fossem reaproveitados para a construção de escolas, por exemplo,” finaliza ele que deu uma aula de bom gosto, funcionalidade e equilíbrio estético!

quakertecidos-casacorquakertecidos-casa-cor-sp

  • Compartilhe:  

Tendências Milão 2016 – Cores e Texturas!

A Quaker Decor sempre preocupada em trazer as últimas tendências no que diz respeito a cores, texturas e estampas esteve presente durante a Design Week de Milão e está cheia de novidades para contar!

A cidade respira design e neste post separamos as principais tendências que foram apresentadas no Salão do Móvel de Milão, que é a maior feira do gênero no mundo. A exposição apresenta o mais recente em mobiliário e design, e lidera a exibição de novos produtos por designers de mobiliário, iluminação e outros artigos de decoração. Além da feira tem as exposições espalhadas pela cidade, chamada de Fuori Salone, que acontece nos bairros de Brera, Lambrate e Tortona, passando por becos e ruelas com suas características inconfundíveis de charme e conteúdo.

 

ORANGE IS THE NEW BLACK

Nada mais natural que começar falando de cores quando o assunto é tendência.

Tanto nas grandes marcas de moda como nas de mobiliário, o laranja se destaca com facilidade. Até mesmo as marcas que costumam apresentar peças mais neutras, como B&B Itália se renderam ao tom.

 

 

Ainda na família dos terrosos, as marcas luxuosas de mobiliário Italianas, como Flexform, Poliform e Trussardi usaram e abusaram do tom caramelo, principalmente em couros e camurças naturais.

 

 

O cinza continua sendo a base preferida das empresas de mobiliário, e vem muito bem acompanhada do Rosa Quartz, cor Pantone de 2016,  e do Celadon nos complementos como poltronas e almofadas, trazendo uma leveza e modernidade para os ambientes.

 

 

O azul como sempre se faz presente, tanto nos tons mais profundos, como nos tons mais serenos.

 

 

TEXTURAS, TEXTURAS E TEXTURAS

Ao que tudo indica os tecidos lisos perderam a vez definitivamente para as tramas e texturas mais aparentes, inclusive o famoso “chevron”.

Desde marcas mais simples, até a exuberante Giorgetti apostam nelas para as suas coleções.

 

 

Outros tipos de tecidos que ganharam espaço nas principais marcas de mobiliário foram o feltro e os tecidos atoalhados.

 

 

A VEZ DOS NATURAIS

As texturas estão cada vez mais com cara de linhões e tramas pesadas de algodão, dando vez para as fibras naturais.

Além delas, o couro e a camurça natural esteve presente nas principais marcas de mobiliário, principalmente nos tons de caramelo, como falado anteriormente.

Algumas marcar como a Natuzzi e Poltrona Frau ousaram nos couros naturais coloridos, em tons de laranja, coral e verde.

 

 

GEOMETRIA PRETA E BRANCA

Nas estampas e jacquards o geométrico ainda é o campeão!

Principalmente nos tons de preto e branco, a tendência continua com tudo nas grandes marcas da moda e de mobiliário, e na belíssima coleção de tecidos da Hermes.

 

  • Compartilhe: