7 dicas para usar a tendência cosmopolita na decoração

Casa Cosmopolita _blog

Ambientes cosmopolitas são aqueles que nos remetem às principais capitais do mundo e que vibram na frequência das grandes cidades, mas sem perder o tom criativo e aconchegante de um lar que privilegia a personalidade de seus moradores.

Investir em uma decoração cosmopolita pode significar trazer para a atual morada lembranças, objetos e referências de casas e países onde um dia moramos, capitais para onde já viajamos e culturas que nos sejam familiares. Para isso, um projeto de decoração cosmopolita faz uso de cores e tons neutros em paredes, mobiliários e revestimentos, para que as referências, lembranças e objetos de arte se destaquem e sejam os responsáveis pelo clima urbano, cosmopolita e acolhedor.

Se você se considera um cidadão do mundo e se identifica com o estilo, leve em consideração as nossas  7 dicas para deixar sua casa mais cosmopolita:

  1. Se obras e reformas estiverem nos seus planos, aproveite para trazer um clima mais urbano ou sem fronteiras para o projeto. Faça isso de acordo com o seu gosto e estilo: se você gosta de um clima mais urbano e industrial, invista em vigas e colunas aparentes. Se o que você prefere é um ambiente mais clássico, porém livre, derrube paredes e integre ambientes, reforçando que barreiras e fronteiras não combinam com você;
  2. A mistura entre concreto e madeira costuma ser bastante usada em decorações cosmopolitas. O concreto remete ao clima urbano e a madeira traz vida e aconchego para o ambiente; 
  3. Casas e apartamentos cosmopolitas costumam ter cores e tons neutros, como branco, cinza e nude em paredes, armários e portas, nos remetendo ao mood urbano; 
  4. Aposte em um mix de texturas e padronagens na escolha de tecidos para estofados, almofadas e cortinas. A coleção Cosmopolitan, lançamento da Quaker Decor, possui tecidos diversos que podem ser combinados em projetos de decoração. São veludos, metalizados, linho, desenhos étnicos e florais, que juntos compõem um mix urbano e repleto de referências. 
  5. Dê destaque para objetos de decoração trazidos de viagens ou que sejam herança de família. Cosmopolita é aquele que transita, mas ao mesmo tempo absorve culturas e estilos de vida dos lugares por onde passa; 
  6. Inclua metais na composição. Eles podem estar presentes em cadeiras, mesas, luminárias e objetos decorativos; 
  7. Faça um mix de móveis contemporâneos, de designers atuais, com móveis herdados pela família ou adquiridos em antiquários. Demonstre por meio deles a sua história e personalidade.
  • Compartilhe: